Starmilk

Star Milk - Fazenda Iguaçu: Leite cinco estrelas

Essa história começou em 1946 em Palmeira no Paraná, quando o Sr. Mário Sossella adquiriu sua primeria vaca! Mal imaginava que a partir dessa decisão, estaria plantando uma semente que daria muitos frutos, ou melhor, muito leite! Foi assim que indiretame

04/10/18

Um pouco de história

Companheiro do pai, desde pequeno, Mário Sossella Filho, mais conhecido como Marinho, sempre esteve envolvido na atividade leiteira, e com 14 anos já trabalhava entregando leite em uma cooperativa no povoado alemão de Witmarsum, no Paraná. Como não podia deixar de ser, Marinho resolveu  ampliar seus conhecimentos e cursar Medicina Veterinária. Após sua formatura, em 1983, recebeu um convite de seu cunhado, Ibrahim Faiad, para administrar sua fazenda em Céu Azul /PR. E assim, mudou-se para o Oeste do Estado para trabalhar na Fazenda Iguaçu. “Ibrahim, com seu total apoio, permitiu a realização do meu sonho de iniciar esse empreendimento”, lembra Marinho.

Problemas de saúde obrigaram o sr Sossella a diminuir o ritmo de trabalho, e assim, enviou algumas novilhas da raça Holandesa para seu filho em Céu Azul. Mais tarde, com o agravamento do quadro, enviou também as vacas. Frente a essa situação, Marinho, juntamente com Ibrahim, decidiu investir mais consistentemente na produção de leite. Nessa época, a produção estava em torno de 2.000 litros diários, mas eles queriam mais! Entenderam que precisariam investir em genética e foram buscá-la em Carambeí/PR. Chegando lá, não apenas encontraram as tão desejadas vacas como também novos parceiros -  Sandro e Mário Viechinieski. Assim, aliando experiência  e tecnologia, a parceria deslanchou!

Em 1999, Sandro tornou-se gerente da fazenda e iniciaram o desenvolvimento de um plantel de alto padrão,  somando ao volume inicial mais 2.000 litros/dia,  provenientes do rebanho dos Viechinieski. Três anos depois construiram um novo free stall e, em 2006, trocaram a ordenha espinha de peixe por uma “side by side”. Em 2008 já estavam com um novo galpão para 320 vacas.

Com o auxílio do professor Paulo Machado da Clínica do Leite (Esalq/USP), e se espelhando principalmente no sucesso das fazendas Frankana, em Carambeí/PR, e da propriedade do Sr. Teunis Jan Groenwold, em Castro/PR , a Star Milk é hoje uma empresa referência no setor leiteiro brasileiro, conhecida por aliar bem-estar, produção, recursos humanos e cuidado com o meio ambiente.





O sistema de produção

O rebanho possui 1.200 animais da raça Holandês , sendo 530 vacas em lactação, em sistema de confinamento free-stall, produzindo 17.000 litros diários, em três ordenhas. A fazenda encontra-se atualmente na 12ª posição no Levantamento Top 100 (base 2011) feito pelo MilkPoint, que aponta os 100 maiores produtores de leite do Brasil.

Da área total de 500 alqueires, 62 são utilizados para a atividade leiteira, sendo que os animais em lactação são mantidos nos galpões de confinamento, enquanto as outras categorias ficam no pasto. 

A alimentação é prioridade no manejo da fazenda, sendo considerada ponto fundamental no desempenho produtivo. As dietas são compostas por silagem de milho, silagem de aveia, caroço de algodão, feno, casca de soja, farelo de soja, milho moído e núcleo mineral, e são fornecidas seis vezes ao dia para as vacas em lactação, com o auxílio de um vagão misturador que programa o tipo de dieta e a quantidade fornecida a cada lote ou categoria animal. 

Outra preocupação da gerência da propriedade é o bem-estar animal, visando a expressão do máximo potencial produtivo e longevidade dos animais. Com esse objetivo, muitos investimentos foram feitos, como: sistema de resfriamento por meio de ar-condicionado, exaustores e aspersores; “cow brush”; camas com colchões de borracha e serragem; e limpeza constante dos galpões com “scraper”.

O cuidado com o meio-ambiente é outra prioridade na gestão da propriedade, que produz 150 toneladas de dejetos por dia. Anteriormente, os dejetos eram encaminhado para os tanques, onde era feita a decantação e, posteriormente, o material era distribuído nas lavouras. Em 2008 foi implantado um biodigestor (foto no início da matéria),  possibilitando a geração de 720m³ de biogás/dia, que abastece um gerador (33 Kva/hora), suprindo 75% da necessidade  de energia elétrica da propriedade. Quando a produção de energia ultrapassada a necessidade da fazenda, a mesma é vendida à Copel (Companhia Paranaense de Energia Elétrica). A geração de energia atual está em 140 Kva/hora e a partir de janeiro serão 250 Kva/hora. Esse aumento na capacidade será possível com a instalação de um novo biodigestor, suprindo quase 100% da necessidade da fazenda.

Os resíduos líquidos resultantes do biodigestor são utilizados na lavagem da área externa da sala de ordenha e também na fertirrigação de áreas próximas. Já os sólidos, são utilizados para compostagem nas áreas agricultáveis, gerando economia no uso de fertilizantes.





Gestão

Com o aprendizado adquirido em cursos,  a gerência decidiu aplicar o conceito “5S” - ferramenta de gestão muito utilizada na área de qualidade, e que tem como principal objetivo organizar o trabalho, de forma a aumentar a produtividade e diminuir os desperdícios associados aos processos do negócio – na rotina da fazenda. Além disso, são definidas metas mensais para cada setor, monitoradas em reuniões semanais.

Os recursos humanos são vistos com muito cuidado e dedicação pelos gestores e, segundo eles, a implementação do conceito 5S foi uma ferramenta motivadora para os funcionários da fazenda. Os investimentos em recrutamentos,  treinamentos, cursos  e benefícios são feitos de forma a atrair, manter e desenvolver os talentos. A corresponsabilidade nos resultados, os relacionamentos interpessoais e o envolvimento das famílias dos funcionários são trabalhados de forma proativa pelos gestores. Marinho se diz satisfeito com os resultados atingidos na fazenda, com a menor rotatividade de funcionários, mas afirma que ainda há muito trabalho a ser feito.

Fonte: http://www.revistaleiteintegral.com.br/noticia/star-milk---fazenda-iguacu-leite-cinco-estrelas
 

ARTIGOS RELACIONADOS

STCP participa da inauguração da Starmilk em Céu Azul/PR STCP

28/06/18

No dia 28/06/18, a STCP representada por Rômulo Lisboa, Diretor de Desenvolvimento e Qualidade, participou da inauguração da primeira unidade industrial da STARMILK.

Com tecnologia de ponta, laticínio Star Milk é inaugurado em Céu Azul/PR

04/10/18

Foram trazidos da Itália e da Alemanha alguns dos maquinários adquiridos para equipar o Laticínio Star Milk, que foi inaugurado neste sábado (30) e será um dos mais modernos do Brasil. O empreendimento, localizado no interior de Céu Azul, é fruto de um in